Você está aqui
Início > BANCO DE IDEIAS > Tratamentos estéticos ajudam a combater celulite a tempo para o verão

Tratamentos estéticos ajudam a combater celulite a tempo para o verão

O verão está chegando e junto dele, a corrida contra o tempo para conquistar a pele e corpo perfeitos, seja para ir à praia ou piscina. Dietas e intensificação de exercícios físicos são fundamentais, mas os procedimentos estéticos também não ficam de fora. “Muitas mulheres buscam os tratamentos para ficar em forma a tempo para a estação do calor”, opina a médica dermatologista Monalisy Rodrigues.

Apesar de ser comum que os tratamentos sejam feitos no inverno para evitar exposição ao sol, existem aqueles que são liberados durante todo o verão. Nesta época do ano, a procura por procedimentos estéticos aumenta em até 80% e os mais buscados são os que prometem redução das celulites, em poucas sessões. É o caso da radiofrequência e da criolipólise, por exemplo.

Foto: Google Imagens.
Foto: Google Imagens.

No entanto, o mais novo queridinho do mercado estético é o Ultraformer III. O equipamento recém-chegado ao Brasil combina dois tipos de ultrassom: micro e macrofocado, que são ajustados de acordo com o objetivo e a área a ser tratada. “O aparelho atua através de ondas de calor que são emitidas focadamente causando pontos de coagulação no local exato em que queremos tratar. A energia térmica estimula a produção de colágeno nos níveis mais profundos da pele, ajudando a firmar e criar uma aparência mais jovem”, diz Monalisy.

Com o procedimento pode-se tratar celulites, gordura localizada e flacidez, seja no rosto ou corpo. Segundo a dermatologista, o tratamento pode ser feito no período de altas temperaturas porque não deixa marcas na pele e não interfere na rotina diária das pessoas.

A celulite é uma inflamação do tecido celular, causada pelo acúmulo de gordura, água e toxinas, fazendo com que fiquem cheias e endurecidas, deixando o local com desníveis e nódulos, que aparecem na pele como os famosos “furinhos”. A dermatologista também alerta que os tratamentos estéticos não são o suficiente para combater a celulite, sendo essencial combiná-los com uma boa alimentação e exercícios físicos, além de cremes específicos e massagens: “O uso de cremes e outros ativos são complementares aos procedimentos estéticos, e eles usados separadamente não são eficazes para tratar a celulite, que é consequência de muitos fatores como alterações hormonais, sedentarismo, alimentação inadequada, tabagismo, fatores genéticos, entre outros”, esclarece Monalisy.

Ícaro Ambrósio
Ícaro Ambrósio é jornalista e editor-chefe do site O Contorno de BH.

Deixe uma resposta

Top