Você está aqui
Início > BANCO DE IDEIAS > Lares chefiados por mulheres dobram nos últimos 15 anos

Lares chefiados por mulheres dobram nos últimos 15 anos

Cada vez mais mulheres ganham destaque na sociedade. O empoderamento feminino e as mudanças na maneira de pensar em boa parte da população resultam em novos hábitos. Se antes, por exemplo, o homem era sinônimo de maior autoridade dentro de um lar, de acordo com pesquisas recentes, essa realidade começa a se tornar diferente.

Em um estudo publicado recentemente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de lares chefiados por mulheres no Brasil dobrou nos últimos 15 anos. As estatísticas mostram que mais de 30 milhões de famílias são lideradas pelo público feminino, índice que equivale a 40% do total de residências no país.

Márcia é mãe de dois e não deixa a peteca cair (foto: arquivo pessoal).
Márcia é mãe de dois e não deixa a peteca cair (foto: arquivo pessoal).

Para a empresária Márcia Machado, mãe de dois filhos, ao analisar a pesquisa e o atual momento da sociedade, percebe-se que o empoderamento das mulheres e o aumento da autonomia feminina são os principais motivos para esse resultado. “Muitas mulheres já se sentem seguras para não precisarem depender de ninguém. E, cada vez mais, vemos a confiança delas aumentando. Ainda estamos longe do ideal, mas o mercado de trabalho também já oferece mais oportunidades do que antes. Tudo isso em conjunto torna a mulher capaz de ser chefe de seu próprio lar”.

Além disso, Márcia acrescenta que o abandono parental também pode estar relacionado. Porém, a boa notícia é que, em muitos casos, mesmo quando a mulher possui um parceiro, elas podem se tornar chefes de família. Ainda de acordo com a pesquisa, por exemplo, este fato acontece em cerca de 6 milhões de lares, atualmente, ou seja, número que cresceu em mais de 500% nos últimos 15 anos.

Ícaro Ambrósio
Ícaro Ambrósio é jornalista e editor-chefe do site O Contorno de BH.

Deixe uma resposta

Top