Você está aqui
Início > BANCO DE IDEIAS > Carnaval: bebidas alcoólicas em excesso podem fazer mal ao coração

Carnaval: bebidas alcoólicas em excesso podem fazer mal ao coração

Foto: divulgação.
Foto: divulgação.

O brasileiro adora apreciar bebidas dos mais variados tipos, isso é fato. Principalmente durante o carnaval, o consumo de álcool aumenta consideravelmente em todos os lugares. Porém manter certos cuidados referentes a tal hábito é extremamente importante para manter a saúde física e mental.

Quando se trata do coração, especialmente, o álcool em excesso pode trazer diversos problemas. Segundo o clínico médico e cardiologista, Gilmar Reis, pesquisador e coordenador do curso de medicina da PUC-Minas, em Contagem, para quem bebe exageradamente, os riscos de infarto e insuficiência cardíaca aumentam. “Grandes quantidades de álcool podem causar o fechamento das artérias ou danificar as células musculares cardíacas. Esse efeito pode ocasionar problemas irreversíveis. Por isso, o ideal é sempre manter a moderação”.

Mas, você sabia que quando consumido da maneira correta, a cerveja e o vinho são ótimos auxílios para manter a saúde cardiovascular? O especialista explica que tais bebidas possuem antioxidantes e vitaminas que, quando ingeridas na quantidade correta, ajudam a manter o coração saudável. “Muitos estudos já mostraram a eficácia das bebidas fermentadas, como vinho e cerveja, para a saúde”, completou Gilmar. Ele ressalta sobre manter hábitos saudáveis e evitar excessos. “Para conseguir os efeitos positivos das bebidas alcoólicas é sempre importante lembrar que o consumo deve ser em pequenas quantidades”, afirmou o médico.

O ideal, segundo o cardiologista, é tomar uma taça de vinho por dia ou uma lata pequena de cerveja para obter os benefícios e evitar os problemas. Além disso, é fundamental manter bons hábitos de exercícios físicos e alimentares com bastante frutas, legumes, entre outros produtos essenciais para a saúde.

Ícaro Ambrósio
Ícaro Ambrósio é jornalista e editor-chefe do site O Contorno de BH.

Deixe uma resposta

Top