Você está aqui
Início > EM MINAS > Mais de 100 pessoas continuam desaparecidas em tragédia de Brumadinho

Mais de 100 pessoas continuam desaparecidas em tragédia de Brumadinho

Há pouco menos de dois meses do rompimento da Barragem do Feijão, em Brumadinho, 107 pessoas continuam desaparecidas e soterradas meio a lama repleta de rejeitos de minérios de empreendimentos da Vale. Segundo o Corpo de Bombeiros, a procura pelo restante das vítimas seguirá sem prazo determinado para o final.

A esperança vem dos cães farejadores. “O trabalho tem sido feito de forma de rodízio dos cães. Eles nunca ficam mais de 20 minutos em campo, e fazem uma pausa do tempo que trabalharam ou o dobro. Ao longo do dia, eles atuam cerca de duas horas no total. Esse rodízio é importante, pois a capacidade olfativa deles fica muito mais eficiente assim, por isso esse resultado tem sido fenomenal”, conta 3º Sargento Leonardo Costa Pereira.

201 corpos já foram encontrados e identificados. O último deles foi do engenheiro Edson Rodrigues dos Santos, natural de uma cidade do interior do Piaui.  Outras 107 pessoas continuam desaparecidas.

Foto: André Penner/reprodução.
Foto: André Penner/reprodução.
Ícaro Ambrósio
Ícaro Ambrósio é jornalista e editor-chefe do site O Contorno de BH.

Deixe uma resposta

Top