Você está aqui
Início > EM MINAS > Caminho dos doces

Caminho dos doces

A Tripness sempre busca oferecer um lado B especial de roteiros com experiências incríveis, inéditas e surpreendentes. E muitas vezes, bem pertinho de você, que não fazia ideia dessas maravilhas que estão próximas a BH. Um desses passeios é o Caminho Doce que contempla a Rota das Doceiras em Lapinha, Lagoa Santa, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Uma das doceiras que participam do circuito (foto: Renan Lameu/Ingrediente da Vez).
Uma das doceiras que participam do circuito (foto: Renan Lameu/Ingrediente da Vez).

Um dia inteiro de descobertas, história, sabores e mineiridade. Além de conhecer o parque do Sumidouro, e almoçar num restaurante que funciona em uma fazenda da região, com a pura e típica gastronomia mineira, há um passeio pelas casas das doceiras, onde também funciona a fabrica de quitandas e compotas. Que tal aderir ao convite e fazer parte da Tribo Tripness?

A programação começa as 8h da manhã com encontro na porta da Tripness onde há a saída com destino a Lagoa Santa, cerca de 53km de Belo Horizonte. Entre 09:20h e 11h, há a chegada no Cafofo Café com Arte, começando com quitutes deliciosos, broa, queimadinho de gengibre, pão de queijo, um pedacinho dos sabores impares de Minas Gerais. Na seqüência, a Tripness oferece uma deliciosa experiência a Oficina com Dona Adélia, onde os participantes vão conhecer de todo o processo de fabricação do saboroso Doce de Leite Mineiro. No mesmo espaço, os clientes vão aprender com a Cassia uma das proprietárias do Cafofo, um de seus artesanatos e poderão levar as peças produzidas como recordação desta inesquecível experiência.

Das 11h as 14h, é o momento de explorar a belíssima região estrada do Parque Estadual do Sumidouro. A vegetação é composta de mata de galeria, cerrado e vegetação rupícola. A flora é formada por espécies como ipê-amarelo, ipê-roxo, Moreira, aroeirinha, jatobá-do-campo, gabiroba, manjoba, mutamba, faveiro, entre outras. Após a parada para explicações e fotos, dando continuação a programação, o passeio vai conhecer a Casa Fernão Dias, em estilo barroco: uma das portas de entrada do Casa cujo método construtivo remonta ao século 18.

Em seguida o roteiro segue para a Gruta da Lapinha que surgiu a partir de rochas calcárias formadas pelos restos marinhos do fundo do mar raso da bacia do Rio das Velhas. Restos que foram acumulados em camadas superpostas e trabalhados pela erosão provocada pelas correntes marinhas e aéreas. Hoje, nos seus 511 metros de extensão e 40 metros de profundidade, podemos observar formas surpreendentes, originadas das formações de espeleotema, destacando-se couve-flor, cascata, cortina e pirâmides e por fim conheceremos a Casa das Irmãs Argentinas que além de muitos casos para contar, elas produzem a melhor Goiabada Mineira Regional.

Entre 14h e 16h, um dos momentos mais deliciosos do dia. Almoço regional e tipicamente mineiro no Restaurante Quintal da Lapinha. A Tribo Tripness vai vivenciar e participar de como se faz um delicioso Frango com Ora-pro-nóbis. Um almoço sensacional, bem mineiro, no fogão a lenha. Uma experiência saborosa. O passeio termina as 16hs, com saída de Lagoa Santa. A experiência tem um formato interessante para passar um dia diferente com a família ou amigos.

Ícaro Ambrósio
Ícaro Ambrósio é jornalista e editor-chefe do site O Contorno de BH.

Deixe uma resposta

Top