Você está aqui
Início > EM MINAS > Chega a 240 o número de identificados na tragédia de Brumadinho

Chega a 240 o número de identificados na tragédia de Brumadinho

Foto: reprodução/facebook).
Foto: reprodução/facebook).

A quase quatro meses do rompimento da Barragem do Feijão, que inundou Brumadinho em lama, o Corpo de Bombeiros segue com o trabalho de buscas ainda sem prazo de encerramento. Seus esforços contribuíram para que chegasse a 240 o número de vítimas identificadas.

Neste momento as operações contam com a participação de 143 militares do Corpo de Bombeiros que atuam em 19 frentes pontos isolados sobre a lama já seca. Além do trabalho manual, a equipe ainda conta com seis cães farejadores, 96 máquinas pesadas e um drone.

Por hora, 32 pessoas ainda estão desaparecidas. Enquanto isso, em Belo Horizonte, a CPI das Barragens segue apurando os fatos e detectando as irregularidades que ocorreram para que a catástrofe aconteceu.

Veja a lista de desaparecido:

  • Angelita Cristiane Freitas de Assis
  • Aroldo Ferreira de Oliveira
  • Carlos Henrique de Faria
  • Carlos Roberto Pereira
  • Cristiane Antunes Campos
  • Cristiano Jorge Dias
  • Cristiano Serafim Ferreira
  • Elis Marina Costa
  • Emerson Jose da Silva Augusto
  • Evandro Luiz dos Santos
  • Geraldo de Medeiro Filho
  • Joao Marcos Ferreira da Silva
  • Joao Paulo Ferreira de Amorim Valadao
  • Joao Tomaz de Oliveira
  • Juliana Creizimar de Resende Silva
  • Lecilda de Oliveira
  • Luciano de Almeida Rocha
  • Luis Felipe Alves
  • Luiz Carlos Silva Reis
  • Manoel Messias Sousa Araujo
  • Maria de Lurdes da Costa Bueno
  • Max Elias de Medeiros
  • Miraceibel Rosa
  • Nathalia de Oliveira Porto Araujo
  • Nilson Dilermando Pinto
  • Noel Borges de Oliveira
  • Olimpio Gomes Pinto
  • Renato Eustaquio de Sousa
  • Robert Ruan Oliveira Teodoro
  • Rogerio Antonio dos Santos
  • Tiago Tadeu Mendes da Silva
  • Uberlandio Antonio da Silva
  • Vagner Nascimento da Silva
Ícaro Ambrósio
Ícaro Ambrósio é jornalista e editor-chefe do site O Contorno de BH.

Deixe uma resposta

Top