Você está aqui
Início > EM BH > Festival Sarará confirma mais uma edição e fãs reclamam no facebook

Festival Sarará confirma mais uma edição e fãs reclamam no facebook

Um dos maiores festivais de música de Belo Horizonte já tem sua data da edição de 2019 marcada. O Sarará, acontecerá no dia 30 de agosto, na Esplanada do Mineirão e os ingressos já estão a venda pela plataforma sympla.

A produção mal lançou o evento no facebook, bem como todos os grandes eventos brasileiros, e uma enxurrada de comentários, críticas, queixas e reclamações tomaram conta das redes sociais. Os motivos são diversos. Vão desde alardes por conta dos valores dos ingressos à comentários com sugestões comparando está edição à do ano passado.

O line up oficial apenas sairá no dia 21 de maio. Portanto, a maior parte dos comentários são de possíveis participantes pedindo seus artistas favoritos. Isso porque a produção ainda não confirmou quem serão os nomes que se apresentarão na edição. Porém, Duda Beat, Letrux, Baco Exú do blues, Djonga, Rosa Neon, As Bahias e a Cozinha Mineira e Jaloo estão entre os mais requisitados. Outro artista muito mencionado é o rapper paulista Criolo. Talvez porque no ano passado, o cantor teve que apresentar apenas três canções porque o evento excedeu seu horário de alvará e não podia mais permitir o artista no palco.

Este é um exemplo de como tem sido a abordagem dos fãs por conta da situação com Criolo no ano passado. Também é este o posicionamento que o Festival tem dado aos fãs (foto: reprodução/facebook).
Este é um exemplo de como tem sido a abordagem dos fãs por conta da situação com Criolo no ano passado. Também é este o posicionamento que o Festival tem dado aos fãs (foto: reprodução/facebook).

Outra situação de queixa é quando os valores dos ingressos que parte de R$ 80,00 e vão até R$ 240,00 de acordo com o setor. Ainda há a possibilidade de meia entrada para quem optar por ir na pista comum. Quanto as queixas, são porque na edição passada houveram ingressos de até R$ 10,00 – no mínimo 800% a menos do que em 2019.

Em um dos posts com uma destas queixas, a produção respondeu que “foi preciso setorizar os valores pra conseguirmos praticar um valor acessível na pista, já que neste ano não temos o amparo da lei de incentivo. Assim, cada pessoa participa como pode. Mas a pista tá aí pra todo mundo aproveitar”.

O que não tem faltado é atenção por parte da produção – que responde comentário um a um – e também franqueza. Apesar de tanta crítica, em cinco edições, já passaram pelos palcos artistas como Ney Matogrosso, Criolo, Lenine, Tom Zé, Nação Zumbi, Mallu Magalhães, Johnny Hooker, Tulipa Ruiz, Liniker, Emicida e MC Carol. Este ano a hashtag usada é #FestivalDeSentir.

Ícaro Ambrósio
Ícaro Ambrósio é jornalista e editor-chefe do site O Contorno de BH.

Deixe uma resposta

Top