Você está aqui
Início > EM BH > Segurança da Mina Engenho D´água está sendo apurada

Segurança da Mina Engenho D´água está sendo apurada

Foto: CMBH.
Foto: CMBH.

A segurança da Mina Engenho D´água, no município de Rio Acima, durante as obras de descomissionamento, foi o foco da visita técnica realizada pela Comissão Parlamentar de Inquérito das Barragens. Abandonada pelos proprietários da empresa Mundo Mineração Ltda, no final de 2012, a mina terá seus rejeitos tratados, cerca de 800 mil m³, pela empresa Canal Engenharia, contratada via licitação pela Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa).

De acordo com o diretor de Operação Metropolitana da Copasa, Rômulo Thomaz Perilli, a intervenção para a descaracterização do risco das estruturas das duas barragens já começou e deverá ser concluída em 10 meses. “Foi montada uma ETA (Estação de Tratamento de Água) que irá, dentro de 60 dias, tratar os 80 mil m³ de água de uma das barragens. Depois de tratada, e com as análises do Igam, a água será liberada para o Rio das Velhas”. A sequência do processo é o envelopamento dos resíduos por mantas que protegem contra a contaminação do solo, e, por fim, será feita a recomposição da vegetação por cima dos envelopamentos, e tomados os cuidados para a drenagem da água das chuvas.

Durante a visita, a vereadora Bella Gonçalves (Psol) demonstrou preocupação com o escape dos rejeitos dessas mantas, que podem ser levados pelas águas das chuvas até a comunidade. Segundo Perilli, nunca houve na área escapes de rejeitos. O diretor afirmou, contudo, que não poderia garantir a integridade de toda a manta que está a cerca de 20 m de profundidade da barragem, que concentra mais de 700 mil m³ de resíduos sólidos. No entanto, o representante da Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam), Luciano Melo, afirmou que foram feitas sondagens por amostragem na área e que não foi detectado vazamento algum.

Representantes do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais e da Defesa Civil de Rio Acima, que participaram da visita, destacaram que estão acompanhando de perto os trabalhos realizados na Mina e que a intervenção na área traz uma maior tranquilidade. A Prefeitura de Rio Acima também participou da atividade.

Ícaro Ambrósio
Ícaro Ambrósio é jornalista e editor-chefe do site O Contorno de BH.

Deixe uma resposta

Top