Você está aqui
Início > BANCO DE IDEIAS > Reuso de resíduos: economia e benefícios ao meio ambiente

Reuso de resíduos: economia e benefícios ao meio ambiente

Conservação e limpeza urbana é um assunto de todos. É extremamente preocupante o elevado consumo humano de produtos que são facilmente descartados, quando poderiam ser reciclados ou então facilmente reutilizados. No entanto, são transformados em poluição para o nosso planeta.

O conceito de reciclagem é bem simples e o termo está bem popularizado, mesmo porque é uma ação que deve ser de conhecimento de todos os cidadãos. A reciclagem trata-se de reutilizar e reaproveitar determinado material que seria descartado e transformá-lo em matéria-prima para criação de novo produto.

O descarte inadequado de resíduos deve ser combatido por todos nós. Assim, manteremos a cidade limpa e livre de possíveis doenças decorrentes da sujeira, além do prejuízo ao meio ambiente. Esse deve ser um trabalho conjunto entre prefeitura, moradores, empresas e até mesmo turistas que estejam na cidade.

Segundo a última pesquisa Nacional de Saneamento Básico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), são recolhidas no Brasil cerca de 180 mil toneladas diárias de resíduos sólidos. O rejeito é resultante de atividades de origem urbana, industrial, de serviços de saúde, rural, especial ou diferenciada. Esses materiais gerados nessas atividades são potencialmente matéria prima e/ou insumos para produção de novos produtos ou fonte de energia. Mais da metade desses resíduos é jogado sem qualquer tratamento em lixões a céu aberto. Com isso, o prejuízo econômico passa dos R$ 8 bilhões anuais.

No Brasil, o custo contratual para disposição de resíduos sólidos está em média R$ 43,60 por tonelada e o custo por dia com o descarte legal dos resíduos sólidos urbanos é de R$ 11.212.850,42, segundo do antigo Ministério das Cidades.

Algumas medidas simples podem ser adotadas para diminuir esse impacto no meio ambiente. Mais que reciclar o ideal é reutilizar. O que para muitos é considerado rejeito, pode ser reaproveitado como insumo por outros. O objetivo da reutilização é prolongar a vida do item ou material. Na reutilização de materiais é possível, por exemplo, doar uma prateleira de Mdf que não é mais útil para você, para alguém aproveitá-la da maneira que desejar. Reutilizar evita a repetição de ciclos de produção e nova geração de poluentes.

Segundo o Plano Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), apesar de 30% de todo o lixo

produzido no Brasil ter potencial de reciclagem (60.000 t/dia), apenas 3% de fato é reaproveitado. Para incentivar e facilitar a adoção desta prática sustentável, desenvolvemos o portal Revi, que será oficialmente lançado no início do mês de junho. Por meio da plataforma vamos aproximar quem deseja descartar um material de quem pode aproveitar este insumo.

Por meio do portal Revi, cidadãos e empresas podem contribuir de forma simples e rápida com práticas sustentáveis. A preocupação com o meio ambiente e a sociedade deve ser compartilhada por todos, afinal somos, sem distinção, completamente dependentes dos recursos que a natureza nos oferece.

Ícaro Ambrósio
Ícaro Ambrósio é jornalista e editor-chefe do site O Contorno de BH.

Deixe uma resposta

Top