Você está aqui
Início > EM BH > Funcionários do metrô farão greve contra reforma previdenciária

Funcionários do metrô farão greve contra reforma previdenciária

Funcionários do metrô cruzarão os braços e Belo Horizonte ficará sem o serviço dos trens na próxima sexta-feira, dia 14 de junho. A medida integrará a greve geral, programada para a mesma data, em todo o país.

O objetivo da paralisação é um manifesta da categoria contra a reforma da Previdência e também a falta de investimentos na Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) e à possível privatização da empresa, informou a dirigente. Além disso, os funcionários se reunião na Praça da Estação para um ato público.

Somente 30% das linhas dos trens irão ficar em operação. A quantidade é uma escala mínima exigida por lei. A normalização virá no dia seguinte, sábado 16 de junho, logo com  abertura do metrô para os usuários, por volta de 5h45.

Foto: Ana Lívia do Nascimento.
Foto: Ana Lívia do Nascimento.
Ícaro Ambrósio
Ícaro Ambrósio é jornalista e editor-chefe do site O Contorno de BH.

Deixe uma resposta

Top