Você está aqui
Início > EM BH > Férias na Casa Fiat de Cultura tem programação gratuita

Férias na Casa Fiat de Cultura tem programação gratuita

Hall de entrada da Casa Fiat de Cultura. (Foto: Divulgação)
Hall de entrada da Casa Fiat de Cultura. (Foto: Divulgação)

Transformar o simples papel em diferentes objetos e seres a partir da dobradura. O origami, prática secular japonesa, vai além de uma atividade lúdica: com ele é possível melhorar e expandir o raciocínio lógico e a coordenação motora em crianças e adultos. Sabendo disso, a Casa Fiat de Cultura preparou uma atividade para toda a família durante as férias. No Ateliê Aberto de Origami, o Programa Educativo vai ensinar a técnica do origami e a partir dela os participantes vão produzir animais e elementos da natureza, como pássaros, borboletas, ratos, leões, raposas, sapos e morcegos.

O Ateliê de Origami será realizado entre os dias 17 e 28 de julho, sempre de quarta a domingo, em três horários: às 10h30, 14h e 16h. Crianças e adultos de todas as atividades podem participar. São 15 vagas por horário e não é necessário fazer inscrição prévia. A participação é gratuita.

“O ateliê aberto é um espaço para acolher toda a família e, por isso, se torna uma ótima programação para as férias. Além de seu caráter lúdico, o origami também estimula a concentração e incentiva a imaginação. E neste ano, criando elementos da natureza, estamos trabalhando também o mote da importância da preservação ambiental”, destaca Clarita Gonzaga, coordenadora do Programa Educativo da Casa Fiat de Cultura.

Além das atividades do Ateliê Aberto, até o dia 21 de julho, a exposição “Tudo é eco no universo”, do artista Augusto Fonseca, fica em cartaz na Piccola Galleria da Casa Fiat de Cultura. A mostra faz uma releitura do mito de Narciso e reúne 11 obras entre aquarelas, desenho e objeto, que incitam o visitante a fazer uma reflexão introspectiva por meio de imagens que refletem um Narciso adoecido, como um espelho da nossa sociedade atual.

O quadro Civilização Mineira, de Candido Portinari, em exposição permanente no hall da Casa Fiat de Cultura, também poderá ser visitado durante as férias. Tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), este é o maior painel do artista em Minas Gerais e retrata a mudança da capital mineira, da cidade de Ouro Preto para Belo Horizonte, em 12 de dezembro de 1897.

A Casa Fiat de Cultura fica aberta de terça a sexta, das 10h às 21h, e aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h. Toda a programação é gratuita.

Ícaro Ambrósio
Ícaro Ambrósio é jornalista e editor-chefe do site O Contorno de BH.

Deixe uma resposta

Top